Tumblr Mouse Cursors One Direction Portugal: Cap 5 Fic SWBL

Translate

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Cap 5 Fic SWBL


Capítulo 5



música: http://www.youtube.com/watch?v=v-FVihIlU2g&feature=relmfu

  Assim que me acabei de vestir sentei-me na cama um bocado, a olhar à minha volta. Olhei para o computador, não era para cuscar mas, por mero acaso, num separador que estava minimizado tinha lá o nome do meu pai, em navegação anónima (SHIFT + N). Abri o separador e estavam lá escritas montes de coisas horríveis sobre ele, que me deixaram esquisita.

“Paul Drew traiu a nossa confiança, quando o conseguirmos, poderemos matá-lo.”, “Quando Paul Drew vier ao nosso encontro, saberemos que podemos matá-lo.”.
Eram milhões os tipos de coisas assim que lá estavam, estava horrorizada. Tinha os olhos cheios de lágrimas quando alguém bate à porta. Eu baixei rápido o separador do meu pai, desviei o computador para outro lado e comecei a secar o meu cabelo com a toalha após dizer:
-Sim, entra.
Era a Sam, ela abriu, espreitou e perguntou:
-Posso só levar o computador? - Acenei que sim com a cabeça – O secador está no armário de baixo do lavatório, podias ter pedido. – Disse com um simpático sorriso na cara.
-Ah, obrigada… - Respondi-lhe, a levantar-me da cama. Ela sentou-se na mesma para ir desligando as coisas que o Zayn deixou ligadas e perguntou com um ar um bocado assustado:
-Ahm… Mexes-te no computador?
Por instantes pensei que tivesse mexido em alguma coisa e que ela tivesse reparado mas respondi rápido que não com a cabeça e pela cara dela de aliviada, percebi que não tinha sido isso. Pela sua cara, ela estava aliviada por eu “não” ter mexido no computador, muito provavelmente pelas coisas que tinha lá escrito do meu pai. Porque é que eles me estavam a esconder aquilo tudo? Acerca do meu próprio pai!
Comecei a secar o cabelo, quando terminei, estava a dar um jeito ao espelho, quando olhei para a porta reparei que o Zayn estava encostado sob o batente da porta. Sorri envergonhada, ele estava ali a ver-me a olhar-me ao espelho.
-O que é que estás a fazer? – Perguntei, com um sorriso na cara.
-A ver como és, sem mim por perto… És um fracasso. – Disse, deixando escapar um sorriso. – A ver como és bonita.
-Sou bonita de uma maneira horrível, não é?
Há medida que íamos falando, íamo-nos aproximando um do outro.
-Não, claro que não... - Disse ele, já estávamos muito próximos.
-Sim, sim... - Respondi-lhe, a encostar-me ao lavatório. Ele pôs uma das suas mãos na minha cintura e ficámos a olhar-nos durante alguns segundos, super perto. Ele ia avançar, ia beijar-me mas, repentinamente, a Lisa apareceu e começou a falar:
-Ouve Zayn, quando é que...? - Ele desviou-se rápido de mim, quando reparou nela, mantendo a sua mão na minha cintura. Eu estava mais envergonhada que nunca - Ups, desculpem! - Senti a mão do Zayn apertar, a enterrar as unhas na palma da mão, sem entender o porquê. - Desculpem mesmo! - Ela saiu de lá e o Zayn, ao fechar a porta, riu-se. Eu baixei a cabeça envergonhada, nem sabia o que dizer. Ele chegou-se de novo ao pé de mim e disse, pondo-me uma mecha do cabelo para trás da orelha e deixando ficar a sua mão junto do meu pescoço:
-Estás super vermelha! – Riu-se, deixei escapar um pequeno sorriso – Não precisas de ficar assim, isto está sempre a acontecer.
Muito rápido, o meu pequeno sorriso desapareceu, tirei-lhe a mão de junto do meu pescoço e disse com uma expressão chateada:
-“Sempre a acontecer”? – Levantei a voz – Como assim “sempre a acontecer”?! – Empurrei-o pelos ombros um bocado mais para trás, para mais longe de mim.
-Não era isso que eu estava a dizer, Dianna… - Desculpou-se, a coçar o braço.
-Como queiras… Vamos? – Perguntei, com uma cara um bocado enjoada e a desencostar-me do lavatório, ia abrir a porta.
Ele olhou para mim e disse acenando com a cabeça:
-Sim… - Saímos da casa de banho e o Zayn foi ao quarto dele, pegou no telemóvel, nas chaves de casa, no cartão de multibanco e no tabaco, e saiu. Passou à minha frente, por isso desci as escadas atrás dele.
Chegámos lá abaixo e a Sam já não estava no computador, estava quase a dormir, no sofá, enquanto Lisa estava no outro sofá, no computador. O Zayn perguntou-lhe:
-Vocês já almoçaram?
-Sim, enquanto vocês foram lá fora… É verdade, não a ias pôr em casa?
Não gostei nada de ouvir aquilo, parecia que me estava a querer expulsar de lá de casa.
-Eu depois conto-te mas… Ela vai ficar cá de novo, não faz mal, pois não? – Ela acenou que não antipaticamente com a cabeça. Despedimo-nos dela e saímos.
Sentámo-nos no carro e ele perguntou-me:
-Já que elas já almoçaram podíamos ir almoçar os dois fora… Que achas?
-Não será demasiado arriscado, por causa daqueles homens?
-Vamos a um longe daqui, dos pais de um amigo meu. Aquilo é sossegado e fixe. Não temos pressa portanto podemos demorar a tarde toda…
-Confio em ti. Pode ser. – Disse, um pouco arrogante com a cara virada para o vidro, de costas para ele.
-Porque é que estás assim?
-“Ah, não te preocupes, isto está sempre a acontecer”! – Imitei-o. – Achas que não é suficiente?
-Acho. É mais qualquer coisa não é?
-Não Zayn, não é. – Olhei para ele de novo com um ar triste, sem dar conta dele. Era sim mais do que o que ele tinha dito. Estava confusa acerca daquilo do meu pai, acerca da Sam e da Lisa que não me pareciam nada de confiança e acerca de montes de coisas.
Ele aproximou-se de mim de novo, ia beijar-me de novo mas eu não sentia aquilo por ele, não o podia deixar beijar-me assim. Então, desta vez, fui eu que ‘estraguei’ tudo. Desviei-me dele e disse:
-Ouve Zayn, eu gosto mesmo muito de ti e tens vindo a proteger-me como um irmão, estou-te eternamente grata por isto tudo, a sério. Mas eu não gosto de ti dessa maneira e não quero iludir-te, espero que isto fique bem esclarecido. Também tenho tido a cabeça muito cheia para estas coisas… - Vi, no olhar dele, sofrimento, tristeza. Ele acenou positivamente com a cabeça e ligou o motor do carro. – Desculpa… - Pedi-lhe eu, quase com as lágrimas nos olhos, no fundo a verdade era que ele tinha dado tudo por tudo de mim e eu estava-lhe a dar para trás mas eu tinha de dizer a verdade.

O Zayn vai ficar chateado ? :c
30 gostos e i need more e ainda 9 comentários para saberes! 
Estou a adorar o vosso  entusiasmo (((:

8 comentários: