Tumblr Mouse Cursors One Direction Portugal: cap7 SWBL

Translate

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

cap7 SWBL


Capítulo 7


-Zayn. – Disse, a ganhar coragem para dizer o que tinha a dizer.
-Sim? – Perguntou, com um ar um pouco amuado.
-Porque é que não me contaste nada?
- Ahm? Nada de quê?
-Do teu tio.
-Como é que tu sabes disso?!
-Zayn, isso não é importante. Tu sabes que podes contar comigo! Porque é que não me contaste?
-Eu não tenho de te contar tudo. – Disse ele, muito sério. O meu mundo parou. Perdi a moral, perdi uma possível resposta e só me apetecia estar enterrada a sete palmos do chão.
-Pronto, então… Como queiras.
Ele não respondeu, vieram entregar-nos a comida e eu comi. Quieta e calada, tal como ele.
Quando saímos de lá, entrámos no carro e fomos o caminho todo até ao centro comercial calados. Saímos do carro no parque de estacionamento e, quando entrámos mesmo no centro comercial, ele agarrou-me por trás, sempre muito atento ao que se passava à nossa volta. Provavelmente com medo que aqueles homens, voltassem a aparecer.
-Hey, descansa. – Disse eu, a olhar para trás, para ele, enquanto estávamos a entrar na loja dos telefones, sorri.
-É um bocado impossível, eles podem estar em todo o lado, quase. – Respondeu-me, preocupado, sem nunca olhar para mim, sempre a olhar à volta.
-Anda e cala-te. – Disse, puxando a mão dele, para dentro da loja. Estivemos algum tempo a ver alguns telemóveis e eu acabei por escolher um antigo, sem qualquer piada mas não queria abusar, ele estava a pagar-me tudo.
-Este está bom, vá. – Disse, apontando para o telemóvel. Ele estava do outro lado da loja e disse, com um iPhone4 na mão:
-Estás a brincar?! Este é muito melhor, vá.
-Oh, não, Zayn, isso é muito. Um destes é suficiente!
-Mas este é muito melhor, porque não?!
-Porque eu não estou a comprar coisas com o meu dinheiro!
-Mas é como estivesses. – Disse para mim, e de seguida para a senhora – É este, um iPhone quatro e… - Pousou a caixa de um dos iPhone e pegou num cartão de telemóvel e pousou em cima da caixa também. – E este cartão.
-Oh Zayn… - Eu ia continuar a falar mas ele interrompeu-me:
-Xiu. – Cheguei-me perto dele e ele colocou o seu braço por cima dos meus ombros. Aqueles momentos confortáveis, quando eu sabia que já estava tudo bem entre nós de novo, a seguir a nos chatear-mos, eram muito queridos, adorava-os. Saímos da loja e quando estávamos a passar por uma montra de vidro, algo explodiu. Quando olhei para o lado vi o vidro partir-se em bocadinhos, o Zayn abraçou-me de costas para os vidros, para que eu não me magoasse. Só o ouvi gritar, soou algo mais como um rosnar. O Zayn rosnou? Ok, começava a suspeitar que ele era algum lobisomem ou coisa do género. Estava bloqueada, não conseguia pensar com a dor que ainda causada pelos vidros que ainda tinham atingido as minhas canelas. O Zayn desabraçou-me mas os braços dele não se mexeram, ele não devia conseguir por causa de todos os pequeninos pedaços de vidro que lhe tinham atingido todo o corpo.
-Zayn, meu Deus! – Disse eu quando vi no estado em que ele estava. Ele abriu a boca e estava a cuspir sangue para o chão – Não, Zayn, calma.
Olhei à minha volta para pedir ajuda mas já todos se tinham ido embora, o silêncio inundava o centro comercial.
-O que vou fazer agora? – Disse eu baixinho.
Ele deixou cair-se para o chão. Não acreditei que o que eu menos queria estava a acontecer. Estaria o Zayn a morrer?
-Zayn, não! – Gritei alto, baixando-me pondo os joelhos no chão.
-Está aí alguém? – Ouvi uma voz grossa. Olhei e era um segurança.
-Sim, aqui! – Gritei eu – Ai, muito obrigada. – Disse. O Zayn fechou os olhos, senti o meu mundo acabar de vez. Eu estava a gostar tanto dele. Eu estava realmente a amá-lo e não tinha conseguido perceber isso antes do inevitável acontecer. O segurança chegou-se perto de mim e disse:
-Menina, vamos. Ele já se foi. – O meu mundo desabou com aquilo, não podia acreditar.
-Não, não vou sair daqui! – Disse eu – Leve-o connosco por favor, ele precisa de ajuda! – Disse eu, aos berros.
-Mais tarde os médicos vêm ver isto menina. – Disse aquele segurança arrogante.
-Não! Mais tarde, pode já ser tarde demais. – O segurança pegou em mim e puxou-me – Largue-me, eu não o vou deixar ali! – Gritei. Nada daquilo teria resultado.

#FLASHBACK OFF.

Sim, tudo isto, do início até aqui foi um Flashback ! Surpreendente, não ?
Bem, parece que esta história tem muito que se diga.. O que acham que vai acontecer ? Digam o que acham nos comentários. 

5 comentários com a opinião do que acham que vai acontecer, 35 gostos e i need more. Kiss kiss, ly all ! *-*

11 comentários:

  1. não sei o que se vai paxar a seguir,mas de certeza q vai ser interesante

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. está original e imprevisível esta fic,eu gst diso.

      Eliminar
  2. com aquilo das lágrimas de sangue e o rosnar parece um vampiro...lol
    sinceramente não sei mesmo o que vai acontecer, talvez ele se levante e impeça q a levem?
    aquele segurança tem ar de mau certo???
    i need moooree!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AHHAHAHA, não posso se é isso ou não o:
      Mas boa ideia, boa ideia.
      Sim, acho que sim...
      Se continuarem assim, vamos lá depressa (:

      Eliminar
  3. Quando vaiid acabar a historiia ?! Please i neee more <3

    ResponderEliminar
  4. NÓS NÃO SABEMOS O QUE SE VAI PASSAR... POR ISSO DEVES PÔR MAIS,PFV !
    EU AMO ESTA FIC.

    ResponderEliminar
  5. mais por favor, eu amo esta fic, é linda e imprevisível e tem o ZAYN como uma das personagens principais. Eu penso que se calhar a seguir ela vai gritar que o ama e ele vai abrir os olhos e levantar-se tipo vampiro e lançar-se ao segurança para ele a deixar

    ResponderEliminar
  6. por favor mete mais! to super ansiosa para ver o próximo capitulo!

    ResponderEliminar
  7. Eu adoro as tuas fics e por favor publica mais rapido.
    eu acho q o zayn nao vai morrer

    ResponderEliminar
  8. Eu acho q o zayn nao vai morrer e eles vao ficar juntos, ja agora tens muito jeito para escrever, AMO as tuas fics

    ResponderEliminar